curadoriadelivros

RESENHA: Tratado da verdadeira Devoção à Santíssima Virgem

Segunda-feira , 17 de Dezembro de 2018 12:36

CLIQUE PARA ADQUIRIR ESTA PUBLICAÇÃO

07wt1ewsKvU

RESENHA
LIVRO: Tratado da verdadeira Devoção à Santíssima Virgem

AUTOR: São Luís Maria Grignion de Montfort

EDITORA: Minha Biblioteca Católica

PÁGINAS: 252

O clube assinatura de livro católico Minha Biblioteca Católica acertou em cheio ao republicar essa preciosidade da literatura e mística católica. Estou falando do TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO À SANTÍSSIMA VIRGEM, escrito por São Luís Maria Grignion de Montfort.

O Tratado foi descoberto em meados do século XIX, depois de ter ficado mais cem anos extraviado! Desde então, ele teve uma ampla difusão em nível mundial. É considerado uma “pedra angular” da espiritualidade católica e utilizado por diversos santos da modernidade, além de ser motivo de elogio de tantos Papas, tornando-se livro de cabeceira de inúmeros devotos de Nossa Senhora.

Em sua obra, São Luís nos ensina e convida a consagrarmo-nos à Nossa Senhora, como escravos por amor, a fim de que possamos pertencer mais perfeitamente a Jesus Cristo.

Mais que isso, podemos dizer que o Tratado é obra verdadeiramente profética! Prediz o triunfo de Maria e a fundação de uma era histórica, que pode ser chamada de “Reino de Maria”.

No início do século XX, o Papa Leão XIII beatificou São Luís de Montfort e concedeu indulgência plenária a todos que fizeram ou renovaram o ato de consagração proposto pelo santo.

Por sua vez, São Pio X também nutria muita estima por esta obra, chegando a afirmar que nela se inspirou para escrever a Encílica “Ad Diem Illum”.

São João Paulo II foi ainda mais além. Consagrou-se à Virgem Maria pelo método de São Luís Grignion de Montfort e, em várias ocasiões, elogiou o Tratado.

O Tratado obedece a uma lógica muito simples, ao mesmo tempo, profundíssima: se o Reino de Cristo há de vir ao mundo por meio de Maria, difundir a devoção à Santíssima Virgem é a maior obra que um homem poderia aspirar.

TRECHO: “A Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem é Santa,isto é, leva a alma a evitar o pecado e a imitar as virtudes de Maria”(N.108).

MINHA OPINIÃO: É uma verdadeira obra-prima da literatura e espiritualidade católica. Recomendo a todos que desejamos amar ainda mais a Jesus e sua Mãe, Maria Santíssima, afinal, honrar Maria, é dar glórias a Nosso Senhor.

VIDA DE ORAÇÃO | MESTRES ORANTES | MINHA BIBLIOTECA CATÓLICA